sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

A primeira vez da Margarida 2#

       
O amor tem muitas caras e formas variáveis, tanto pode ser fiel quanto traiçoeiro, fugaz quanto eterno, sereno quanto inquietante. Mas no fundo todos queremos amar e ser amados, todos desejamos ter sorte no eterno jogo do dar e do receber atenção, carinho e afeto."

Concordam?

17 comentários:

  1. Acredito princesa.
    Concordo plenamente com esta frase :)

    ResponderEliminar
  2. concordo plenamente! todos amamos à nossa maneira, uns mais que os outros, mas todos temos sentimentos e paixões.. quanto mais nos amarem melhor :p r: ohh eu sei que tenho mas é tão complicado. acho bem que ganhes juízo :p

    ResponderEliminar
  3. Estou a ler o novo livro dela :) tem lá essa parte...

    ResponderEliminar
  4. Não podia concordar mais... Todos ansiamos por amor, carinho, afeto...

    r: Ai, porque é que é tão complicado falar ou amar??? É muito mau este tipo de sentimento de indecisão...

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada! **
    Ás vezes temos que deixar que o orgulho nos guie, sabes? O orgulho e o amor-próprio, porque sem isso resumimos-nos a nada. Ama-te a ti, pensa primeiro em ti.

    ResponderEliminar
  6. O amor é um jogo, sem dúvida.. Ganha o mais forte, simples! E tu, tens que ser forte e aumentar ainda mais esse amor-próprio e, que se foda o que ele diz. Se te faz sofrer, não merece. Sem rodeios, sem tretas. Manda-o dar uma volta. Se dói? Pior do que mil facadas na barriga, no inicio mas depois, lembras-te dele e já não dói. Faz parte. Crescer também é seguir em frente.

    ResponderEliminar
  7. Na hora de agir, todos temos duvidas. Cabe-te a ti decidir.

    ResponderEliminar
  8. é dos livros dela que menos estou a gostar :) há alguns textos que adoro, ADORO... mas outros, não acrescentam nada.

    ResponderEliminar
  9. concordo! :) e amo essa imagem :o quero umas cuecas assim ...

    ResponderEliminar